Judo

Judo

O Judo é uma das artes marciais mais populares da atualidade, praticado por crianças, jovens e adultos dos mais diferentes lugares do mundo.

Advertisement

No entanto, com origem japonesa, além dos seus golpes e movimentos, essa arte marcial traz consigo alguns princípios filosóficos e morais que tendem a influenciar a vida dos adeptos.

Entretanto, além do benefício do condicionamento físico, tem o benefício do lado espiritual e moral.

Portanto, quer saber mais sobre uma das lutas mais populares do Brasil?

Sendo assim, conheça mais sobre essa luta nesse artigo, onde a cada ano que passa ganha mais adeptos pelo mundo.

Advertisement

Assim, leia esse artigo com atenção e saiba tudo sobre essa modalidade, aproveite e curta nossa Fanpage.

Veja o que temos sobre Judo:


judo

O Judo

Primeiramente, essa arte marcial não exige que os adeptos tenham necessariamente força física, mas sim uma ampla concentração, capaz de combinar todos os elementos para o desenvolvimento da técnica.

Sendo assim, os treinos de Judo são focados nos princípios, que fizeram o criador dessa arte marcial se sentir inspirado na sua idealização, como:

  • A máxima eficiência;
  • A prosperidade;
  • Benefícios mútuos;
  • Suavidade – na linguagem original seriam seiryoku zen’yo, jita kyoei e ju.

Assim, o Judo não é apenas para aqueles que desejam aumentar a força física.

Advertisement

Portanto, é um esporte que visa a sua evolução no campo físico, espiritual e moral.

Isso porque, foca no desenvolvimento de vários sentidos, para alcançar maior conhecimento e aprimoramento da arte marcial (que é representado por faixas “kyu” e “dan”).

judô

A História do Judo

Confira um pouco, da historia dessa arte que a cada dia se populariza mais em nosso país.

Lembrando que, o judo é uma arte marcial japonesa, criada em 1882 pelo professor Jigoro Kano – que no alto de seu 1,50 de altura, tinha como objetivo desenvolver uma técnica de defesa pessoal baseada na combinação de princípios.

Entretanto, essa técnica não era apenas focada na força física, já que o porte físico do professor Jigoro Kano não era dos melhores e o deixava em desvantagem contra os oponentes mais altos e pesados.

Sendo assim, essa arte marcial é basicamente uma combinação dos principais estilos e escolas de jiu-jitsu – que é a arte marcial praticada pelos cavaleiros, durante o período Kamakura, que ocorreu entre 1185 e 1333.

E, também de outras artes de luta que eram praticadas no Oriente.

Assim, com a combinação dos movimentos, surgiu o Judo, tendo um princípio de ser uma luta única e básica.

No entanto, a luta se tornou uma das mais populares do mundo, inclusive é foi tido como o desporto oficial do Japão (a partir do século XIX).

Onde inclusive, fez com que a polícia nipônica introduzisse os seus movimentos nos treinos, facilitando a movimentação dos policiais durante os serviços.

golpes de judo

As Regras do Judô

Primeiramente, como todo esporte, o Judo também é feito de muitas regras e disciplina.

Sendo assim, o esporte não pode ser praticado de qualquer jeito, por isso separamos para você as principais regras do judo.

Então, confiram quais são:

  • O Judo deve ser praticado em um tatame com formato quadrado, tendo medidas que variam entre 14 a 16 metros, e a duração máxima das lutas deve ser de até 5 minutos;
  • As lutas têm como objetivo a conquista do ippon, que tecnicamente seria uma espécie de imobilização do oponente, mas a imobilização necessita durar cerca de 30 minutos;
  • Se nenhum lutador conseguir o ippon ao final do combate, o ganhador será aquele ao qual teve um número maior de vantagens adquiridas, ganhando mais um ponto ao fim;
  • Também há outras formas de conquistar o ippon, como o wazari que é considerado o ippon incompleto, quando um oponente e imobilizado com apenas um ombro no chão;
  • Outra forma de determinar o ganhador é com o kako, um golpe que apresenta a menor pontuação (um quarto de ponto) e ocorre quando o adversário cai sentado no tatame;
  • Vale dizer que o kako e o ippon não são capazes de finalizar a luta, declarando de uma única vez o ganhador. Contudo, permitem que o lutador acumule pontos no combate.

Existem quatro tipos de penalidades durante o combate, que são:

  1. Shido (penalidade fraca);
  2. Chui (penalidade grave);
  3. Keikoku (quando o lutador já tem um Chui);
  4. Hansoku-Mate (casos de infração grave em que o lutador é expulso e a vitória é dada para o seu adversário).
  • O Hansoku-Mate pode ser atribuído quando ofende ou discuti com o árbitro, agredi o adversário colocando a sua integridade física ou por usar objetos por baixo do Judogui;
  • Caso o Hansoku-Mate seja atribuído, o competidor pode ser expulso do combate, além de ser excluído do torneio, podendo inclusive sofrer outras punições ainda mais graves.

Portanto, essas são as regras ensinadas a seus iniciantes no Judo.

Sendo assim, qualquer academia de Judo explica elas a seus membros, logo nos primeiros dias de aula.

No entanto, uma das filosofias mais valorizadas em qualquer arte marcial, é sem dúvida, o respeito com o companheiro.

historia do judo

Os Equipamentos Usados no Judô

No Judo, o único “equipamento” exigido é o quimono, conhecidos como “Judogui”.

Sendo assim, trata-se de um uniforme composto por jaqueta, calça e faixa.

Assim, geralmente o uniforme é branco (calça e jaqueta) e a cor da faixa indica o nível da graduação do judoca.

Entretanto, em competições é possível que um dos judocas use um quimono azul, para que a arbitragem e a equipe de transmissão de tv em geral, possam diferenciar os competidores.

No entanto, o judoca que usará o quimono azul, é determinado através de um sorteio das chaves.

Temos Artigo sobre Boxe, clique aqui.

faixas do judo

As Graduações no Judo

Assim, como em qualquer outra arte marcial, o que demonstra o conhecimento e preparo do competidor de Judo, é a cor da sua faixa.

No entanto, existem dois tipos de graduação:

  • Kyu – As faixas kyu, indicam que o judoca é um iniciante;
  • Dan – As faixas dan são para os mais graduados.

Entretanto, em cada modalidade de faixa há um número de cores, que tecnicamente indicam o grau de “iniciante” ou de “avançado”, que cada competidor está.

Assim, essas faixas são conhecidas como, Obi.

Sendo assim, no kyu a graduação é decrescente e as cores das faixas por ordem, são:

  • Branca;
  • Branca/cinza;
  • Cinza;
  • Cinza/azul;
  • Azul;
  • Azul/amarela;
  • Amarela;
  • Amarela/laranja;
  • Laranja;
  • Verde;
  • Roxa;
  • Marrom.

Entretanto, no caso das faixas dan, a ordem é crescente e as cores, são:

  • Preta;
  • Vermelha/branca;
  • Branca.

Lembrando que, na graduação são feitos exames para avaliar a sua duração de tempo de treino, idade, caráter moral, execução das técnicas especificadas nos regulamentos e comportamento em competições.

Sendo assim, as graduações de kyu, são outorgadas pela associação ou academia do judoca, enquanto as dan são feitas pela banca examinadora da Liga ou Federação Estadual.

Assim, a ultima faixa a ser ganha é a faixa preta.

Portanto, lutadores que possuem essa faixa, são respeitados por sua experiência e conhecimento no Judô.

judo golpes

Nomenclaturas e Expressões usadas no Judô

No Judo também conta com algumas expressões e nomenclaturas específicas, que para os iniciantes acabam sendo um pouco confusas, justamente por serem em outra língua.

No caso, há algumas expressões e nomenclaturas que acabam se tornando principais, como por exemplo:

  • Ashi-garami: Pernas entrelaçadas;
  • Chui: Penalidade por infração séria;
  • Dojime: Apertar o corpo com as pernas;
  • Fusen-gashi: Vencer por ausência;
  • Hajime: Começar;
  • Hansoku-Make: Desqualificação;
  • Hantei: Decisão;
  • Harai-goshi: Técnica de projeção de quadril;
  • Hiki-wake: Empate;
  • Ippon: Um ponto/pontuação máxima;
  • Joseki: Responsável da Mesa Central;
  • Judogui: Uniforme de Judô;
  • Kachi: Vitória;
  • Kami-shio-gatame: Técnica de imobilização;
  • Kani-basami: Técnica de projeção;
  • Kansetsu-waza: Técnicas de chave;
  • Kawazu-gake: Técnica de projeção;
  • Kiken-gashi: Vitória por desistência;
  • Koka: Pontuação mínima (Já extinta das competições);
  • Ko-soto-gari: Técnica de projeção;
  • Ko-uchi-gari: Técnica de projeção;
  • Kumi-kata: Pegada;
  • Maitta: Desisto;
  • Matte: Parar;
  • Nage-waza: Técnicas de projeção;
  • Ne-waza: Trabalho no chão;
  • Osaekomi: Imobilização;
  • O-uchi-gari: Técnica de projeção;
  • Rei: Saudação;
  • Shido: Penalidade por infração ligeira;
  • Shime-waza: Estrangulamento;
  • Sogo-gashi: Vitória composta;
  • Sono-mama: Não se mexam;
  • Sore-made: Fim do combate;
  • Sutemi-waza: Técnicas de sacrifício;
  • Tachi-waza: Técnicas na posição de pé;
  • Tatami: Tapete;
  • Toketa: Imobilização desfeita;
  • Tori: Atacante;
  • Tomoe-nage: Técnica de projeção;
  • Uchi-mata= Técnica de projeção;
  • Uke: Aquele que é atacado;
  • Ukemi: Queda;
  • Waki-gatame: Técnica de chave;
  • Waza-ari: Quase Ippon;
  • Waza-ari-awasete-ippon: Dois Waza-ari;
  • Yoshi: Continuar;
  • Yuko: Quase Waza-ari.

Sendo assim, aprender as nomenclaturas também faz parte do processo de aprendizagem do Judô.

Um bom lutador tem conhecimentos gerais sobre o esporte, seja em suas regras, história, faixas, equipamentos, técnicas, entre outras.

Por isso, se você é um espectador da arte do judô ou gostaria de se tornar um profissional do esporte, lembre-se sempre de se dedicar o máximo possível em todos os aspectos que envolvem a  luta.

Então, se você gostou do material, compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

Veja mais sobre outras lutas, clique aqui.

Portanto, se o artigo foi interessante para você COMPARTILHE com seus amigos.

Veja também

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade